Menu

SEM CONTROLE - Sistema Penal cearense registra fuga de 48 presos em apenas dois dias


Subiu para 48 o número de fugas de presos ocorridas em apenas dois dias no Ceará. Uma delegacia de Polícia Civil, uma penitenciária e cinco cadeias públicas se tornaram palco das evasões. Em uma operação numa das unidades do Sistema Penitenciário, mais de uma centena de aparelhos celulares foram apreendidos.

Na noite de ontem, dois detentos que cumpriam pena na Cadeia Pública da cidade de Pindoretama, na Região Metropolitana de Fortaleza (a 42Km da Capital) conseguiram fugir daquela unidade após serrarem as grades do xadrez onde estavam  confinados.

Ainda ontem, a Secretaria da Justiça e da Cidadania confirmou uma fuga ocorrida no fim de semana na Penitenciária de Pacatuba, considerada de segurança máxima e destinada ao recolhimento dos presos considerados mais perigosos do Estado, entre eles, seqüestradores, traficantes de drogas e assaltantes de bancos e carros-fortes, além de estupradores.

Os nomes dos 28 foragidos da penitenciária não foram ainda revelados pela Sejus.

Mais casos

No fim de semana ocorreram fugas na Capital e no Interior. Além disso, na noite de ontem, a ação rápida de agentes penitenciários e de policiais militares evitou que ocorresse uma fuga em massa na Cadeia Pública da cidade de Quixadá, no Sertão Central (a 154Km de Fortaleza).

Varredura

Mais de 100 aparelhos celulares foram localizados e apreendidos, na tarde de ontem, durante uma operação de varredura nas celas da Casa de Privação Provisória da Liberdade Três (CPPL 3), no Município de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Veja o balanço das últimas fugas de presos no Ceará:

Cadeia Pública de Pedra Branca (4 foragidos)
Cadeia Pública de Trairi (3 foragidos)
Cadeia Pública de Fortim (1 foragido)
Cadeia Pública de Limoeiro do Norte (2 foragidos)
Cadeia Pública de Pindoretama (2 foragidos)
Penitenciária de Pacatuba (28 foragidos)
Delegacia 15º DP/Cidade 2000 (8 foragidos)

TOTAL = 48 FORAGIDOS

Por FERNANDO RIBEIRO