Menu

Vórtice Ciclônico favorece chuvas no Sul do Ceará; Crato registra maior volume nesta sexta-feira

 Choveu em 51* municípios cearenses entre as 7 horas dessa quinta-feira, 26, e as 7 horas desta sexta-feira, 27, de acordo com dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). As chuvas de hoje e dos próximos dois dias são influenciadas pela atuação do chamado Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN).

O Crato foi a cidade que registrou o maior volume nesta madrugada, com 44.4 mm. Em seguida, os maiores registrados foram anotados em Abaiara (42 mm), Milagres (39.2 mm), Jati (36 mm), Ibiapina (28 mm), Paimácia (26.8 mm) e Missão Velha (24 mm). 

O VCAN é um sistema meteorológico típico desse período de pré-estação, como explica o meteorologista da Funceme, Davi Ferran. "Há uma circulação de ventos de 12 km de altura que inibe a formação de chuva no centro e favorece nas bordas", frisa.
Esse sistema de baixa pressão atmosférica favorece a concentração de chuvas no Sul do Estado, mas não deve influenciar a quadra chuvosa. "O total das chuvas já depende da temperatura do Oceano Atlântico, mas no dia a dia não é tanta a influência do oceano", destaca Davi.

Na capital cearense, o maior registro de chuva nesta madrugada foi anotado no posto do Castelão (7 mm). A previsão da Funceme para Fortaleza é de nebulosidade variável com possibilidade de chuva durante o dia. 

Também há possibilidade de chuva em todas as regiões do Ceará, até este domingo, 29. Na segunda quinzena de fevereiro, a Funceme deve divulgar um novo prognóstico para a quadra chuvosa do Estado. 

Até então, a previsão da Fundação para a quadra chuvosa do Ceará é 40% de probabilidade de ocorrências de chuva na média. As chances de chover acima da média histórica (607,5 milímetros) e também abaixo são de 30%, segundo o prognóstico divulgado no último dia 18 de janeiro.
* Dados atualizados às 9 horas. 
Redação O POVO Online