Menu

Justiça nega pedido do MP e realização do 1º Santo Antônio Festeiro é assegurada


     Na noite desta quinta-feira, 08, passou a circular nas redes sociais a decisão do juiz Adriano Ribeiro Furtado Barbosa, que responde pela Comarca Local, em que o mesmo indeferiu o pedido do MP que recomendou que a Prefeitura não realizasse despesas com a realização do 1º Santo Antônio Festeiro.
O MP alegou o fato do município ter apresentado dívidas no início da gestão, inclusive com a decretação do estado de emergência financeira. O juiz Dr. Adriano, afirmou que a Prefeitura, através do Decreto nº 4.230/2017, determinou situação de emergência financeira e administrativa municipal, contudo o decreto não foi prorrogável. O magistrado ainda afirmou que não há relatos de atrasos no pagamento do funcionalismo, de outras verbas de natureza alimentar, bem como de serviços essenciais.

Com a decisão, fica mantida a realização no evento, que conta com o apoio do Governo do Estado e trará as seguintes atrações: Caio Brito, Léo Gordim, Iohannes e Elias Mearim (no sábado, 10); Forró do Bunitim, Toca do Vale e Vicente Nery (no domingo, 11) e Well Vieira, Forró Forrado, Solteirões do Forró e Matheus Fernandes (na segunda-feira, 12).


Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação